terça-feira, 23 de dezembro de 2014

Chef Barão ministra curso no Valparaíso


Nas aulas, que serão ministradas nos dias 27, 28 e 29 de janeiro, ele falará sobre pratos saborosos e refrescantes

Chef Barão Vieira
Temperaturas altíssimas, solo escaldante e sensação de abafamento. A estação mais quente do ano traz circunstâncias maravilhosas para aqueles que precisam aplacar tanto calor, como aproveitar praias, piscinas e usar roupas mais leves. Mas e quanto à alimentação? O que fazer? Pois bem, só  resta procurar alimentos leves e refrescantes.
Justamente, para aqueles que gostariam das saladinhas mais tradicionais e aprender novidades com um toque a mais para alimentar o corpo com beleza, sabor, saúde e bem-estar, surgiu uma ótima oportunidade com um dos melhores chefs de cozinha do Brasil. Barão Vieira, do Barão Gastronomia, vai ministrar o curso “Pratos de Verão: Refrescantes e Saudáveis”, nos dias 27, 28 e 29 de janeiro de 2015, de 19h às 22h, no Aïoli Atelier de Cuisine, localizado no Centro de Estudos Sobre o Atual e Cotidiano - na Rua Visconde de Uruguai, 344 – no Valparaíso.
Barão já trabalhou em diversos estabelecimentos nacionais e internacionais. Hoje possui o próprio restaurante, localizado em Itaipava. Apaixonado por culinária, obteve especialização em pratos de alto padrão, buscando novos ingredientes e mistura de sabores, sempre surpreendendo com uma comida incrível para o paladar e para os olhos.
O convite para as aulas veio de uma grande amizade entre o chef e a empresária Marília Dantas, proprietária do CEAC e do Aïoli Atelier de Cuisine. “Barão já fez algumas das nossas viagens culturais e gastronômicas para a França e o nosso elo se fortaleceu até que primeiro nasceu a ideia de um restaurante com comida francófona, atualmente comandado pela chef francesa Corinne Anne Pelisier, agora a oficina”, declara Marília.
O Aïoli com apenas cinco meses de inauguração já é um restaurante bastante requisitado para confraternizações, como as realizadas no final do ano, happy hours e jantares com os amigos. Agora, a segunda etapa traz o primeiro workshop, com direito à degustação no final das aulas, material e certificado incluídos. Segundo Marília, a parceria nos negócios só tende a crescer: “Estamos lançando produtos Aïoli/Barão, além de serviços como consultoria de cardápios para restaurantes e hotéis, eventos empresariais, festas de confraternização e casamento”, enumera.
Como a alta gastronomia do renomado chef é requisitadíssima, é preciso correr porque as vagas do curso são limitadas. Mas conseguir uma delas é ter a garantia de poder receber os amigos com muito charme neste verão.

SERVIÇO:
Curso Pratos de Verão: Refrescantes e Saudáveis
Professor: Chef Barão Vieira
Datas: 27, 28 e 29/01/2015.
Horário: 19h às 22h
Local: Aïoli Atelier de Cuisine - Rua Visconde de Uruguai, 344, Valparaíso - Petrópolis, RJ.
Inscrições: (24) 2231-6862 – Vagas limitadas!
Investimento: R$255,00



Gastronomia artesanal oferece gostinho de saudade


Gelato de cerveja escura by Duetto’s (Bruno Wanderley)

por Anna Paula Di Cicco
Assim como uma avó carinhosa, o Duetto’s Café recebe seus clientes como a própria família. No cardápio, bolos, salgados e tantos outros quitutes se misturam à delicada decoração que remete a lembranças de infância.
Há cerca de sete anos abria em Petrópolis um pequeno e aconchegante café na Galeria Gelli. Com uma decoração cuidadosamente feita com referências nas casas das avós, onde junto ao fogão à lenha a cozinha era um dos lugares preferidos das reuniões familiares, o Duetto’s reproduz receitas de doces caseiros, bolos e tantos outros quitutes embalados pelo cheirinho de café.
Hoje, mesmo com a expansão que rendeu uma loja também nos jardins do Museu Imperial, a atmosfera de aconchego de família permanece estampada no café-bistrô que mantém o tradicional cardápio, mas não deixa de ousar. Os destaques do momento são o Petit Gateau de chocolate com Bohemia Chocolatier e o Gelato de cerveja escura. A Chef Joanna Menescal focou na força que a cerveja tem em Petrópolis para criar as novas sobremesas.
“Eu sempre procuro novidades, sair do tradicional e fazer releituras de pratos
tradicionais, valorizando produtos brasileiros como rapadura, melaço de cana, queijo coalho e por que não a cerveja? Nós do Duetto's gostamos de cervejas artesanais e procuramos sempre ter alguns rótulos e dar prioridade para produtores locais, focando mesmo em nossa cidade. Já haviam muitas cervejas de chocolate no mercado, porém, nenhuma local. Quando a Bohemia lançou a Bohemia Chocolatier, pensei que era a hora de termos algo em nosso cardápio à base de cerveja”, explica.
E não para por aí. Segundo Joanna, 2015 será um ano de muitas novidades. A conceituada linha de café da manhã passa a contar com a opção de Café Imperial e o verão vem recheado de novos sanduíches e saladas elaboradas com diversos ingredientes. Já o evento "Chá da Princesa", um projeto do Tour da Experiência, ganha uma data fixa, sendo realizado toda última quinta-feira do mês. O evento será aberto ao público.
Tem ainda o almoço afetivo, que volta renovado, mais voltado para o comfort food, que traz sabor de comida caseira, preparada com muito carinho, totalmente artesanal e fresca. O almoço será servido de terça à sexta-feira, das 12h às 14h, a partir da segunda quinzena de janeiro.
O Duetto’s Café funciona na Rua da Imperatriz, nº 220, Centro, no Jardim do Museu Imperial. Às terças, quartas e domingos, das 10h às 18h, e às quintas, sextas e sábados das 10h às 21h30. A outra opção fica na Galeria Gelli, loja 11, também no Centro

Bolo Rei: receita guarda mistérios para o dia 6 de janeiro


Bolo Rei da Padaria e Confeitaria Sul América é um dos produtos mais vendidos.

Não é possível se falar na doçaria típica da época natalícia, sem se falar do famoso Bolo Rei, com a sua forma de coroa, as suas frutas cristalizadas e frutos secos (amêndoas, nozes e pinhões), a fava e o brinde.
Este bolo está carregado  de simbologia, muito sinteticamente pode dizer-se que este doce representa os presentes oferecidos pelos Reis Magos ao Menino Jesus. A côdea (a parte exterior) simboliza o ouro; já as frutas secas e as cristalizadas representam a mirra; por fim, o incenso está representado no aroma do bolo.
A explicação para a existência da fava no interior no bolo rei está ligada a uma lenda, segunda a qual quando os Reis Magos viram a Estrela de Belém que anunciava o nascimento de Cristo, disputaram entre si o direito de entregar ao Menino os presentes que levavam. Como estes não conseguiam chegar a um acordo, um padeiro, para pôr termo à discussão, propôs fazer um bolo com uma fava no interior da massa, em seguida, cada um dos três magos do  Oriente pegaria numa fatia, o que tivesse a sorte de retirar a fatia que possuísse a fava, ganharia o direito de entregar os presentes a Jesus. Não se sabe qual foi contemplado com a fatia premiada, pode ter sido qualquer um dos três, Baltasar, Belchior ou Gaspar. É claro que isto é só uma lenda, o Bolo Rei tem, na verdade origens francesas.
Na Padaria e Confeitaria Sul América, o Bolo Rei é um dos produtos de maior saída e, mesmo após o Dia de Reis, continua sendo vendido graças devido a grande procura.

ORIGEM
Ele chegou ao Brasil de Portugal - com mais de 100 anos de atraso - mas sua receita
carrega muito da tradição francesa, que também guarda seus mistérios para o dia 6 de janeiro.
Com mais de 100 anos de atraso em relação a Portugal, o Brasil adotou a tradição do Bolo Rei. Em muitas casas do país, esse doce rico é a estrela da festa de 6 de janeiro, quando os cristãos celebram a adoração do menino Jesus pelos Reis Magos. Os brasileiros já o saboreiam no Natal, seguindo a mesma tendência portuguesa de ampliar seu período de consumo.
O Bolo do Dia de Reis, como era chamado antigamente, leva frutas cristalizadas, uvas passas, nozes, amêndoas picadas e dois mimos: uma fava e um presente. Ambos portam presságios ingênuos - e não são para comer. Quem receber a fava na sua fatia de bolo, terá sorte no ano e pagará o Bolo Rei do próximo 6 de janeiro. Quanto ao presente, habitualmente um rei ou uma rainha de louça, trará riqueza a quem o encontrar. Caso seja uma aliança, a pessoa casará brevemente.
O Bolo Rei é inspirado na Galette des Rois, o Bolo do dia de Reis dos franceses. Chegou a Portugal no final do século 19, por meio da região da Estremadura. Mas foi popularizado pelas doceiras de Lisboa e Porto.
Na capital de Portugal, começou a ser preparado pela Confeitaria Nacional, que ainda funciona na Praça da Figueira, número 18B. A tradição aportou no Brasil com imigrantes portugueses. Em São Paulo, algumas confeitarias vendem Bolo Rei para ser saboreado no Natal e Dia de Reis. A receita é a mesma de Portugal. O bolo tem massa levedada e na França, geralmente é folhada.
A Galette des Rois também oculta simbolismos. Mas são ligeiramente diferentes dos que contém o Bolo Rei. Antigamente, na Galette des Rois havia uma feve (fava). Hoje, esconde apenas um boneco de louça. Quem o receber será o rei da festa. Terá o honroso direito de comer a sua fatia usando uma coroa na cabeça.
Os franceses levam a sério essa tradição. Formaram até um clube de colecionadores de feves, com aproximadamente 2.500 sócios.

Alimentação no pós-festas de fim de ano


Alimentos ricos em vitamina C possuem propriedades diuréticas e antioxidantes (Divulgação)


por Gabriela Guimarães*
Final de ano é inesquecível, não é mesmo? O que comentar das receitas mais fabulosas que aparecem na ceia de Natal e Réveillon: lombo assado, peru, chester, bolos recheados, roscas doces, panetone, tortas, pudins… Nossa realmente é demais!
Abusou nas suas refeições? Bebeu demais também? “E agora?” você está me perguntando… bem… eu digo que você já sabe o que fazer. Imaginou? Eu lhe digo: você terá que maneirar. Como? Olha só:
Você terá que buscar uma alimentação saudável mais leve. Nada de pular refeições ou se matar na academia. O segredo é comer várias vezes ao dia, mas em pequenas quantidades. Porque o fracionamento das refeições faz com que o organismo aproveite melhor os nutrientes dos alimentos. Assim, fica mais fácil de perder peso, pois seu organismo sabe que a cada três horas virá alimento e não precisará estocar aquilo que ele acabou de digerir. Então, você precisa se alimentar de alimentos menos calóricos, ricos em vitaminas, minerais e fibras. Como por exemplo, as frutas, os peixes, as verduras e legumes. É sábio que se consumirmos frutas, saladas no almoço e jantar traremos grandes benefícios para nossa saúde. E é isso que você deve fazer!
Saiba que é importante você dar importância aos alimentos ricos em vitamina C (laranja, acerola, tomates, brócolis, morango, ervilhas, pimentão vermelho etc.) porque eles possuem propriedades diuréticas e antioxidantes. E como você deve ter consumido muitos alimentos ricos em gorduras, isso vai ajudar! Não se esqueça de beber muita água, tanto pela sua hidratação e também para ajudar o rim a filtrar melhor e eliminar as toxinas! Faça sim atividade física, mas sem exageros.
O bom senso é a chave para você retornar a sua rotina. Mas lembre de que a alimentação saudável deve ser sua rotina na sua vida saudável!

SUCO VERDE DETOX
Ingredientes:
½ batata Yacon crua
2 folhas de couve
Folhas de hortelã
100 ml de água ou água de coco
1 talo de aipo
Rodelas de gengibre
1 colher de chá de chia

Modo de preparo:
1) Bater todos os ingredientes no liquidificador e tomar em seguida. Tomar 1 copo de suco ao dia, preferencialmente ao acordar.
2) Possui compostos detoxicantes presentes na couve e digestivos presentes no abacaxi. A batata yacon é fonte de prebióticos e ajuda no controle glicêmico.
3) Ideal para consumir no período pós-festas e durante a TPM. Ajuda a diminuir o inchaço.

(*) Nutricionista
Clínica Doutor Fragoso Borges
Tel: (24) 2237-5556



quinta-feira, 4 de dezembro de 2014

Papo de Adega


Por Flávia Medeiros*

Mais um  Ano vai... outro Ano vem....
E estivemos juntos, trocando informações, descobrindo sabores e aromas, desvendando o mundo do vinho, harmonizando, informando! É claro, que não poderia deixar de agradecer a você leitor pela companhia mensal  e pelo feedback costumeiro. Espero compartilhar muitos brindes com vocês em 2015!
Mas, temos as festas de fim de ano para preparar, então, vamos harmonizar isso tudo?
Enquanto esperamos pelo grande dia de reunir a família, amigos e pela retrospectiva dos últimos 365 dias que passaram como um foguete, nesse meio tempo, além dos presentes e da decoração, temos  que pensar na Santa Ceia!

Que tal começar com um Espumante?
Falamos de todos eles em 2014 (Champagne, Cava, Prosecco e claro o  Espumante Nacional tão bem produzido lembram?). Qualquer um deles pode ser uma excelente pedida para o começo da noite, enquanto esperamos todos chegarem, e enquanto vamos “beliscando” aquela mesa irresistível. E no Réveillon, ele é como a cor branca, não pode faltar caro leitor, ele transmite alegria, conquista, sorrisos e o brinde com ele, canaliza todas as  energias positivas dos demais presentes.

O tradicionalíssimo peru de Natal clama por vinhos menos tânicos.
Algumas opções bacanas são tintos produzidos à base de Pinot Noir, Grenache e Carmenère. Se seus convidados preferirem vinho branco, sirva Sauvingnon Blanc ou a Chenin Blanc (fazem bonito viu!). E, se quiser uma ceia mais charmosa e marcante, sirva o vinho rosé! Ele tem todo meu respeito, e posso garantir que existem alguns impecáveis, que se destacam numa mesa como a sua.

Mas nem só de peru vive o Natal.
Se for servir lombo de porco, os tintos podem ser os mesmos sugeridos para o peru, mas considere um branco Chardonnay como uma pedida e tanto para esse prato!
Se a sua opção foi bacalhau ( são versáteis, cada um tem sua receita), Riesling e Pinot Grigio são boas opções. Uma dica pessoal para quem já está na estrada da enofilia a mais tempo é, foquem um pouco nas uvas nativas portuguesas como Touriga Nacional, Trincadeira, Tinta Barroca ou Tinta Roriz, não há o que temer.
Mais aí, para “piorar” a situação e detonar sua dieta, lá vêm eles....

Os Doces!
Tradicionais rabanadas ( assadas, fritas, recheadas), passando pelas frutas frescas ou secas (castanhas , damascos e amêndoas), e pela torta de nozes, o vinho do Porto fecha a noite de Natal com muita harmonia, como tem que ser.
E o tradicional Panetone?
Eles surgem de todos os lugares! Se prefere o de frutas cristalizadas, então deve ir direto para os espumantes de Moscatel. Mas se a pedida for por um de chocolate, vinhos do Porto Ruby são as melhores escolhas!


Então um brinde! Espero ter contribuído para que sua Ceia seja impecável, e fico feliz em poder fazer parte desse momento tão pessoal de cada um. Desejo Boas Festas e um Próspero Ano Novo a todos! Que 2015 seja um ano de Saúde, Prosperidade e de muita Paz! Em Janeiro agente se vê, se Deus quiser! 

____________________________________________________________________
(*) Flávia Medeiros
Consultora em vinhos e com especialização na área. No Brasil é uma das poucas profissionais que conta com a certificação Wine & Spirit Education Trust – Level 2. Contato: chateaumedeiros@hotmail.com 


terça-feira, 2 de dezembro de 2014

Grandes ceias de natal com preocupação zero

Praticidade é a palavra da vez. Sem deixar a qualidade e a tradição de lado, ceias natalinas podem ser encomendadas, tirando o trabalho do calendário que agora pode contar apenas com a diversão.

Assado de feijão fradinho e castanha de caju

por Anna Paula Di Cicco
Em tempos modernos nem sempre é fácil manter a tradição. Mas, inexplicavelmente, nesta época do ano, o espírito natalino aflora e nos remete às fartas ceias, compostas pelos pratos típicos, regados a muito glamour e elaborados com distinta decoração. No entanto, no cotidiano atual, onde o tempo é cada vez mais escasso, passar dias antecipando o cardápio da data mais nobre do ano nem sempre é possível.
Por isso, a fim de facilitar a vida dos “ocupados de plantão”, o Caderno de Gastronomia do Jornal Petrópolis em Cena selecionou algumas opções de ceias prontas, da mais alta qualidade, para facilitar a vida de quem não tem tempo de chefiar a cozinha, mas também não abre mão dos sabores do natal. Entre pernis, lombos e tenders, algumas sugestões bem particulares também prometem inovar a data dos petropolitanos.
A Chef Sonia Marambaia, da Serra Delícias, além dos pratos principais, saladas e folhados,
oferece também entradas de dar água na boca. Canudinhos recheados e tartelletes de gorgonzola com maçã são algumas das opções de encomenda. No entanto, o destaque fica com as cestinhas de camarão (foto), que além de deliciosas, têm um visual incrível para dispor à mesa. Para os festeiros mais tradicionais, Sonia preparou receitas especiais de Tender fatiado com frutas e fios de ovos caseiros, que cai muito bem acompanhado por sua farofa de coco e o arroz sete grãos com nozes.  
Já Trattoria S’a Carola, presente nas últimas ceias de diversas famílias, também criou um menu especial a fim de deixar qualquer mesa farta sem trabalho algum. Entre os pratos mais procurados estão o arroz de ervas, o pernil, a torta de bacalhau e as bruschettas. Porém, não tem um só cliente que já tenha provado as famosas rabanadas recheadas do Chef Marcelo Pieri que não tenha se apaixonado. Esperadas durante todo o ano chegou a época delas voltarem às mesas. Recheadas de doce de leite, geleia de damasco ou goiabada, essas delícias se tornaram as queridinhas do Natal serrano.
Mas há também aqueles que fazem questão de elaborar algo diferenciado e colocar a mão na massa. E como ninguém pode ficar de fora dessa festa maravilhosa, separamos uma sugestão de prato vegano que garante surpreender até os mais tradicionais. A Chef Bia Gonzaga criou um assado de feijão fradinho e castanha de caju que tem um visual super bacana e é cheio de texturas e sabores.

Receita 
Refogue 2 colheres de gengibre ralado, 2 dentes de alho, 1 cebola e 1 xícara de alho-poró, picados. Dispense a água de molho do feijão. Processe até ficar bem triturado. Misture 1 xícara de castanha de caju, 1 colher de sopa de curry, 1 colher de chá de cominho, duas colheres de azeite, duas colheres de sopa de tomilho, manjericão picado, cebolinha e sal a gosto.
Para o recheio, refogue em azeite 1 colher de sopa de gengibre ralado e acrescente ½ xícara de amêndoas laminadas, torrando ligeiramente. Refogue 1 xícara de vagem em fatias finas e ½ xícara de pimentão vermelho por dois minutos e misture às amêndoas. 
Forre uma forma com papel manteiga e unte com óleo. Espalhe uma camada generosa da massa e recheie com uma camada estreita do refogado no centro. Com o auxílio do papel enrole como um rocambole. Embrulhe com o mesmo papel e leve ao forno a 200 graus por cerca de 40 minutos. Sirva quente.

Encomendas
  • Serra Delícias - (24) 2243-7947
  • Trattoria S’a Carola - (24) 2237-956 



Mercado Gourmet

Dezembro é o mês das comemorações: Natal, Réveillon, das confraternizações com amigos, enfim...Tempo de festejar! E, para acompanhar todos esses momentos, não podemos deixar de lembrar de tudo aquilo que não pode faltar nas ceias típicas da ocasião. E para não deixar ninguém de fora – nem  hipertensos, diabéticos, ou mesmo os que estão de dieta – pesquisamos e encontramos muitas coisas saborosas para facilitar sua vida. Confira!

1-Panetone da Casa Suíça Zero, com farinha integral, quinoa, castanha do Pará, uvas passas e sem adição de açúcar. Chocolates diversos Nestlé Diet, Vitao Zero, entre outros, da Via Verde

2-Stollen Helgas Brot sem adição de açúcar, da Via Verde


3-Mix de Amêndoas WS Naturalis, da Via Verde

4-Trouxinha diet de damasco com nozes ou strudell de damasco, do Doces Húngaros    

5-Torta diet nas verões morango, chocolate e damasco, como essa da foto, da Tia Mena

Árvore comestível: ideia criativa para a mesa de Natal

As árvores de Natal comestíveis estão fazendo o maior sucesso. Vira e mexa a gente se depara com uma e cai de amores. No ano passado, as fotos começaram a aparecer nas redes sociais e foi aquela febre. A primeira petropolitana a mostrar sua obra de arte foi a querida jornalista e escritora Christiane Michelin (foto à esquerda), que optou por uma árvore vegetariana com couve flor, brócolis, tomate cereja, baby carrot e pimentão vermelho. Usou também folhas de salsão pra decorar.
– Deu um trabalhão, mas ficou bacana e gostosa. E pra acompanhar a entrada, servi com molho de queijo roquefort quente – revelou. Este ano, assim como Michelin, outras árvores surgirão e nós, do Caderno de Gastronomia do Jornal Petrópolis em Cena, queremos que você nos envie a sua foto para publicar no facebook do caderno.
Mas voltando ao assunto, quem curte doce opções é o que não faltam para criar sua árvore. Ela pode ser feita de bombons,
profiteroles, marshmallows ou suspiros. Para que curte uma alimentação mais saudável, as frutas são sempre boas opções. Os morangos, por exemplo, ficam lindos e podem ser decorados com açúcar ou com chocolate derretido. Trufas e bem-casados também estão em alta na decoração e podem ser embrulhadinhos como se fossem presentinhos para degustar após a ceia, uma forma delicada de homenagear os convidados.
Outra ideia é montar uma árvore de guloseimas para crianças com tudo que elas gostam: chocolates, biscoitinhos, balas, chicletes, pirulitos, alfajores, jujubas, entre outros doces. As guloseimas podem ser colocadas em saquinhos decorados e pendurados nos galhos. As crianças vão adorar! Então, gostou da ideia? Vamos começar a fazer uma? Confira algumas sugestões que separamos para você.


Rabanada garante a tradição na mesa natalina


O doce vendido na Padaria Sul América é vendido desde a inauguração da casa

Falta menos de um mês para o Natal e já é hora de começar a pensar nos preparativos para a grande noite, especialmente nas guloseimas. Uma delícia que não pode faltar nesta data é a rabanada. 
As rabanadas são pequenas delícias muito apreciadas na época do natal. É uma sobremesa muito simples de fazer e que causa muito efeito. São feitas de pão e podem ser servidas polvilhadas com açúcar e canela. As mais sofisticadas, que incluem vinho do Porto, leite condensado, mel, e o que a imaginação permitir.
Em Petrópolis, a Padaria Sul América – fundada e administrada por empresários portugueses – é um dos principais pontos de venda do doce. 
– Nossa receita é de família e vem sendo fabricada desde a inauguração da casa. O número de pedidos e grande e a cada ano os números se superam – conta João Possidente. 
E não para por aí. A Sul América, também possui uma linha especial de pães, como o já tradicional panetone, bolos e tortas para as festas de fim de ano.

Origem do nome
A rabanada é um prato típico português e o Brasil herdou de lá esta maravilha. O nome já
existia também em Portugal, principalmente ao norte do rio Mondego. Ao sul do rio era conhecida como “fatia dourada” ou “fatia-de-parida” (ou ainda “fatia de mulher parida”).
A Rabanada era assim chamada por causa de uma lenda: Uma mulher pobre, sem ter quase nada para comer, precisava alimentar seu filho recém nascido. Seu único alimento eram restos de pão dormido molhados com leite adocicado. A mulher teve tanto leite que amamentou seu filho e ainda sobrou pra amamentar outras crianças também! Dessa forma, a rabanada acabou virando símbolo de prosperidade e fartura, sendo servida nas festas de fim de ano.
Outra lenda diz que toda mulher rica que se tornava mãe, era alimentada com rabanadas para aumentar o leite da gestante. Na França também tem Rabanada, mas lá chama-se: Pain perdu.


SERVIÇO
Padaria e Confeitaria Sul América     
Rua do Imperador, 1033 – Centro -  Petrópolis 
Telefone: 2242-3156 / 2243-8767


Diabéticos: qual a ceia mais adequada?

     Uma ceia equilibrada deve conter pratos à base de aves, peixes, verduras e legumes. (Divulgação)

Festas de confraternização, ceia de Natal, jantar de Ano Novo, etc. Quem sofre de diabetes sabe que o fim de ano requer atenção e controle ainda maiores. O principal problema está no consumo de doces associado às refeições mais calóricas, já que os grandes vilões da doença são o açúcar, massas, frituras e gorduras.
– O diabetes é causado pela falta ou má produção de insulina, hormônio responsável por queimar o açúcar no organismo e transformá-lo em energia. Quando essa queima não acontece, o nível de glicose no sangue aumenta, causando hiperglicemia. Dados do Ministério da Saúde revelam que 5,6% da população adulta brasileira possui a doença, que está dentre as mais fatais do mundo –, lembra a nutricionista Gabriela Guimarães, da Clínica Dr. Fragoso Borges.
A pessoa que sofre do distúrbio não deve deixar de ir às festas, apenas tem de prestar
atenção no que come. São muitas as opções para o diabético nas ceias de Natal.
– Estão liberadas todas as verduras e legumes, carnes, peixes, aves, feijão, soja, lentilha, as frutas que não forem muito doces, principalmente as secas, castanhas, amêndoas e nozes –, lembra.
De acordo com a nutricionista deve-se tomar cuidado com o arroz e a farofa, pratos típicos das mesas natalinas. Eles podem ser ingeridos, mas com moderação. O recomendado é dar preferência ao arroz integral no lugar do branco.
Já os alimentos como farinhas, massas, doces e açúcar em geral estão terminantemente proibidos.
Prefira os panetones diet, onde na sua composição possua frutas cristalizadas a base de adoçantes, e não açúcar. Outra opção são os chocolates diet, que atualmente no mercado possuímos diversas marcas com preços mais acessíveis. Outra dica é sempre ler o rótulo para ter a certeza de que não há na composição açúcar, xarope de milho, xarope de glicose, açúcar mascavo, demerara, entre outros.
Quanto às bebidas alcoólicas, dê preferência os vinhos secos, tintos ou brancos, e os champanhes, mas sempre com moderação. Pois sabe-se que o consumo de bebida alcoólica está relacionado com o aumento de gordura abdominal, que aumenta os riscos de doenças cardiovasculares e resistência à insulina, alerta a nutricionista.
Para quem estiver preparando a própria ceia, a dica da nutricionista é apostar no peito de peru, peito de chester ou peixes assados para a carne, arroz integral para o acompanhamento e uma salada feita com todos os vegetais e enfeitada com aspargos.

RECEITAS ENVIADAS PELA NUTRICIONISTA 

Salpicão de legumes            
Ingredientes:
- 100g de maçã em cubinhos
- 10g de suco de limão
- 100g de cenoura ralada
- 50g de repolho cortado bem fininho
- 70g de pimentão verde em tiras finas
- 70g de pimentão vermelho em tiras
- 1 talo de salsão cortado bem fininho
- 50g de ervilha escorrida
Sal a gosto

Molho
- 1 colher de sopa de creme de leite light
- 1 colher de sopa de molho inglês light
- 1 colher de sopa de mostarda
- 2 colheres de sopa de iogurte desnatado
- Sal a gosto

Preparo:
Coloque a maçã numa tigela, regue com o suco de limão e reserve.
Escalde separadamente em água salgada fervente, a cenoura, o repolho, os pimentões e o salsão.
Coloque os legumes escaldados numa travessa, junte a maçã escorrida e a ervilha. Misture bem.
Junte os ingredientes do molho, mexa bem e despeje-os sobre os legumes.
Misture novamente e leve à geladeira por alguns minutos antes de servir.

Peito de chester ao molho de laranja
Ingredientes:
- 1 copo de suco de laranja (250 ml)
- 1 copo de guaraná light (250 ml)
- 1 cebola ralada
- 1 dente de alho
- Suco de 1 limão
- 1 colher de sopa de margarina light
- 1 folha de louro
- 1 colher de chá de tomilho
- Sal e orégano a gosto
1 peito de chester

Preparo:
Coloque todos os temperos em uma vasilha, junto com o suco de laranja, o de limão e o guaraná.
Faça pequenos furos no chester com uma faca pontuda e deixe-o mergulhado neste tempero por cerca de 12 horas.
Coloque o chester em uma assadeira, despeje metade do molho por cima dele, juntamente com a margarina light, e asse em forno médio coberto por papel alumínio por 40 minutos.
Na metade do tempo, regue com o molho restante.
Após os 40 minutos, tire o papel alumínio, volte a regar e deixe no forno ate dourar.

Arroz integral com passas e molho Branco
Ingredientes:
- 3 xícaras de chá de arroz integral cru
- ½ xícara de chá de uva passa
- ½ xícara de chá de amêndoas torradas
- 9 xícaras de chá de água
- 1 colher de sopa de azeite
- 1 colher de chá de sal
- 1 cebola pequena picada
1 xícara de chá de vinho branco

Preparo:
Em uma panela, refogue a cebola até dourar.
Acrescente o arroz, o sal as passas e as amêndoas.
Deixe cozinhar em fogo brando e quando estiver começando a secar, adicione o vinho branco e deixe cozinhar até a água quase secar.
Desligue e deixe descansar com a panela tampada. Sirva a seguir.

Compota de frutas
Ingredientes:
- 2 goiabas em tiras
- 2 carambolas pequenas em rodelas
- 1 manga haden em tiras
- 1 xícara de morangos

Calda:
- 1 e ½ xícara de chá de água
- 1 aniz estrelado
- 2 colheres de sopa de conhaque
- 1 colher de café de casca de limão cortada em tirinhas
- 1 colher de chá de amido de milho
- 4 colheres de sopa de adoçante dietético em pó, próprio para forno e fogão
- 1 pauzinho de canela

Preparo:
Coloque os ingredientes da calda em uma panela e cozinhe por 10 minutos em fogo baixo, mexendo sempre.
Acrescente as frutas à calda e deixe ferver por 10 minutos.

Sirva gela

CONSULTORIA
Gabriela Guimarães - Nutricionista
Clínica Doutor Fragoso Borges
Tel: (24) 2237-5556

Churrasco e feijoada no aconchego do lar!

Empresa aposta na formatação de evento gastronômico rápido e eficaz aniversários, formaturas e festa em geral.

Bateu aquela vontade de reunir amigos para um churrasco à beira da piscina ou no fim de semana no sítio da família, mas tudo o que você realmente gostaria era de não ter que se preocupar em contratar profissionais, alugar louças, compra bebidas, pensar nas carnes e na sobremesa? Então comece a comemorar, porque já existe em Petrópolis uma empresa que cuida de tudo isso para você: a Fasm Eventos.
Criado há um ano pelo jovem empresário Felix Martins, o negócio vai de vento em popa e supri uma necessidade nova no mercado, a  de festas rápidas.
Com sua vasta experiência em eventos, resolveu criar algo novo, ideal para datas comemorativas ou mesmo para aqueles dias que você deseja ter a companhia de um grupo de familiares ou de amigos ao seu lado.
–Também trabalhamos com todo tipo de evento:  aniversários, batizados, bodas, confraternização, eventos corporativos, 15 anos e até festa de formatura –, lembra o empresário que trabalha com o mínimo de 20 pessoas. Para  que seu evento ocorra com tranquilidade, basta ligar com uma semana de antecedência e optar pelo tipo de buffet que melhor atender ao seu evento: churrasco ou de feijoada.
Os ventos tem tido muito procura para encontros médicos, políticos e também eventos em pousadas.
–No mês passado tivemos muitos pedidos de turmas de faculdade. Organizamos tudo: churrasqueira, cortes de carne, acompanhamentos e bebidas, sem falar nas sobremesas, motivo de muitos elogios, – orgulha-se.

CHURRASCO
O buffet é composto na entrada por: linguiça de pernil, linguiça de frango, coração de frango, drumet, pão de alho e queijo. A parte de carnes tem: picanha, alcatra, contrafilé, linguiça de pernil, linguiça de frango, drumet, coração de frango, lombinho, costelinha suína. As guarnições oferecidas são: arroz branco, farofa de alho com bacon, molho a campanha, salada verde (alface crespa, alface americana, rúcula e tomate seco), maionese, salpicão ou batata frita. Para a sobremesa banana assada na brasa com açúcar, canela e sorvete.  Na parte de bebidas não poderia faltar cerveja,  refrigerante (Coca-cola e Guaraná Antártica – comum e light) –, suco de abacaxi com hortelã, água mineral (com e sem gás).

FEIJOADA
Quem curte o mais tradicional dos pratos brasileiros, o Buffet  de Feijoada é outra opção maravilhosa. A composição do prato leva na parte quente: aipim frito,  linguicinhas frita,  mini pastel de queijo e  torresminhos, Já o menu  começa com a Feijoada e com todas as carnes servidas separadamente em réchaud. A lista inclui paio, costelinha, linguiça, carne seca, lombo, chispe e orelha de porco; couve a mineira, farofa de alho com bacon, arroz branco,  laranja, salada verde (alface crespa, alface americana, rúcula e tomate seco). Para a sobremesa, doces em compotas com queijo branco e pudim de leite.
Na parte de bebidas não poderia faltar cerveja, refrigerante (Coca-cola e Guaraná Antártica – comum e light), suco de abacaxi com hortelã, água mineral (com e sem gás) e gelo.
Felix lembra que tanto no Buffet de Churrasco como no de Feijoada, também incluem pratos, talheres, copos, travessas, prataria, entre outros. Os eventos tem duração de cinco horas. Se houver necessidade de ultrapassar, será cobrada uma taxa extra.

SERVIÇO
Fasm Eventos
Tel.: (24) 99241-0052 / 99818-5381