segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017

Folia gastronômica: tem festa na cozinha da S’a Carola

                                              Nhoques com carne assada

por Anna Paula Di Cicco

No carnaval italiano as serpentinas são tocadas por tiras de spaghetti, os confetes viram nhoque e as espumas coloridas são os diversos molhos que acompanham as massas. Sim, o salão de festas está cheio de mesas e cadeiras, porque na Trattoria S’a Carola se festeja comendo!
Claro, tem espaço pra um bom bate-papo e tem música sim, mas o grande estandarte são as delícias preparadas pelo Chef Marcelo Pieri (foto). E no Carnaval tem novidade: quem desfila os novos pratos é o Chef e quem julga os campeões são os clientes! Vai ter apuração dos votos sim!
Isso porque o Marcelo Pieri está testando um novo menu e são os degustadores que vão
definir o que fica ou não no cardápio definitivo. E em clima de Carnaval, não dá pra deixar de comparar uma refeição a um desfile de escola de samba.
As bruschettas (foto) ganham versão integral e tiram nota 10 na comissão de frente. A entradinha mais tradicional da Itália está super saudável e mais saborosa do que nunca. A ala das baianas apresenta um laboratório de novos pratos, especialmente inventados para o feriado. Eles são à base de carnes, aves ou peixes e o destaque principal, que fica com a batata doce, ingrediente que estará presente em um dos pratos-surpresa. 
A bateria dessa escola é que faz o coração bater mais forte... a deliciosa Lasagna de Parma, acompanhada de queijo e alho poró. Já a velha guarda fica por conta do tradicional nhoque, preparado artesanalmente, um a um, pelo dedicado Marcelo Pieri e sua incrível equipe.
Pra compor esse carnaval de sabores, ainda tem as passistas que chegam pra adoçar o feriado! São as truffas 100% cacau do Chef francês Oliver Corina, nos sabores Jack Daniels, Menthe e Cognac.
Pra finalizar, tem o dono da festa, o grande Rei Momo. Abram alas para o Tiramissu. Elaborado com toques diferenciados, mas sem perder suas características originais, ele é o grande tufão desse salão. À base de queijo mascarpone e café, sua textura é perfeita e derrete na boca, se tornando uma experiência inesquecível!
Sim, essa escola é grande e tem muito ingrediente ainda pra desfilar. E é por isso que a Trattoria S’a Carola não vai fechar nenhum dia durante todo o feriado. Garantia de um bom apetite pra quem quiser pular o Carnaval na Cidade Imperial.  


Serviço
Trattoria S’a Carola - Rua Gonçalves Dias, 414 – Valparaíso - Petrópolis
Telefone para reservas: (24) 2237-9562
Almoço executivo de 3ª a 6ª feira, das 12h às 16h
Funcionamento de 3ª a sábado, das 12h à meia-noite
Domingo abre para almoço, das 12h às 16h

Ô abre alas, que a Feijoada vai passar!

Com a proximidade do Carnaval, diversos restaurantes aquecem as panelas para preparar o delicioso prato tradicional

                              Feijoada da Trattoria Quinta do Lago (Foto: Maria Mattos)

O Carnaval está batendo à porta. Este ano, a folia acontece entre os dias 24 e 29 de fevereiro, trazendo de volta à rotina de cariocas e turistas em dias recheados de belos desfiles das escolas de samba, animação dos blocos de  rua, muita diversão com os amigos e a família e – claro – a combinação clássica de boas feijoadas harmonizadas com caipirinhas e muito samba.
Por conta disso, diversos restaurantes da região serrana já estão planejando deliciosas versões do prato, considerado um dos mais tradicionais e apreciados pelos moradores e visitantes da cidade.
No Bistrot da Serra, em Araras (foto), o cardápio vai contar com uma incrível versão do prato, preparada com paio, carne seca, costelinha de porco e bacon, que chegam à mesa escoltados pelos tradicionais acompanhamentos como arroz, uma surpreendente farofa de dendê, couve mineira fresquinha e laranja (R$ 55 - por pessoa). Já na Trattoria Quinta do Lago, em Itaipava, será servida a Feijoada Quinta do Lago (R$ 50 - por pessoa), todos os dias de Carnaval. O prato é composto por carnes selecionadas como bacon , paio, costelinha de porco e carne seca, além de arroz branco, couve finíssima, farofa de alho torrado e laranja. Os comensais também vão contar com deliciosos torresminhos e caipirinhas especiais para harmonizar com os sabores. As bebidas são cobradas à parte.    
Com tantas opções maravilhosas, não vai faltar energia para curtir a folia em grande estilo, experimentando, a cada dia, uma feijoada com sabor diferente. Bom Carnaval!

Trattoria Quinta do Lago – Condomínio Quinta do Lago
Itaipava / região serrana do Rio
Especialidade: italiana
Inaugurado em dezembro/2016
Endereço: Condomínio Quinta do Lago, Rodovia BR-040, KM 66, Rio da Cidade - Petrópolis
Telefones: 24 * 2225-5003 // 24 * 98855-6434
E-mail: trattoriacqlago@gmail.com

Bistrot da Serra (Araras – Petrópolis/RJ)
Estr. Bernardo Coutinho, 3575 - Araras, Petrópolis - RJ
Telefone: (24) 2225-1619
Horário de funcionamento: de quinta-feira a domingo. 
Feriados e datas comemorativas funciona em horários especiais.


Aperitivos de ‘Buteco’


Nada melhor do que comer um aperitivo tomando uma cerveja bem gelada. Quem não
gosta? E quando se trata de carnaval, o assunto não poderia ser diferente. A chef Sonia Carvalho, da Serra Delícias, elaborou um cardápio especial para essa ocasião batizado de Aperitivos de ‘Buteco’, que vem recheado de coisas gostosas para a época da folia. 
A lista inclui batatinhas recheadas com gorgonzola, batatinhas em conservas, ovos de codornas com ervas finas, minis almondegas ao molho barbecue, cubos de queijo coalho com geleia de damasco, camarão empanado no coco, empadas, bolinhos de bacalhau, croquete de linguiça, pernil e caldinho de feijão.
“Esse cardápio poderá ser solicitado além do carnaval”, lembra a chef que trabalha com kits semanais de comida congelada no fogão a lenha, opção prática, caseira e deliciosa. 
Para saber mais informações basta ligar: (24) 22437947 ou 981327321.


Benefícios da biomassa de banana


por Bianca Strucchi

Alimento que previne diabetes, auxilia perda de peso, melhora a imunidade e o trânsito intestinal, a biomassa de banana verde pode ser usada para diversas receitas, doces ou salgadas. A nutricionista Bianca Strucchi, da Nutrizen, elabora produtos como brigadeiros e mousses que são vendidas no restaurante e que estão fazendo o maior sucesso entre os clientes. 
Consultora do Jornal Petrópolis em Cena, Bianca Strucchi (foto) também ensina nesta edição a preparar algumas receitas. Conheça mais os principais benefícios da biomassa de banana verde.

Saúde do intestino
O amido resistente do alimento tem ação semelhante a das fibras, por isso a biomassa é eficaz para manter a saúde do intestino em dia. Ele ajuda a nutrir a mucosa intestinal, além de aliviar diarreias e contribuir no combate à prisão de ventre.

Saúde do coração
Para quem sofre com colesterol alto, por exemplo, a biomassa é uma boa aliada. Além de reduzir os níveis de HDL na corrente sanguínea, o alimento ajuda a diminuir os triglicerídeos e a atua na redução da absorção de gordura.

Fonte de vitaminas
Rica em vitaminas A, B1, B2 e minerais essenciais como fósforo, magnésio e potássio, a biomassa também é um dos alimentos antioxidantes que age na prevenção de doenças como o câncer e ajuda a combater o envelhecimento precoce.

Emagrecimento
A biomassa de banana verde ajuda emagrecer porque, além de ser de baixo teor calórico, ajuda a inibir a absorção de glicose e gorduras. Enquanto isso, o amido promove sensação de saciedade prolongada, já que é diferido lentamente pelo organismo.
Fonte: Medicina Alternativa  

Pão de biomassa de banana verde
Ingredientes:
1kg de banana verde cozida e amassada.
1 colher (sopa) de leite de coco light.
1/2 colher (chá) de sal.
2 colheres (sopa) de açúcar mascavo.
4 ovos.
2 colheres (chá) de canela em pó.
2 colheres de fermento em pó.
Farinha de trigo.
Modo de Preparo: Misture todos os ingredientes juntando por último a farinha de trigo aos poucos, até formar uma massa que não grude nas mãos. Sove bem a massa. Molde em forma de pãezinhos e leve para assar em forno quente. Sirva em seguida.
Conservação: A casca verde pode ser conservada por mais de 60 dias no congelador. Para isso, pique-a e coloque-a em vasilhas ou sacos plásticos fechados. Na hora de descongelar coloque-a direto na água fervente e use nas mais diversas receitas.

Brownie de chocolate de biomassa de banana verde 
Ingredientes:
6 unidades de banana bem verde
Água suficiente para cobrir as bananas
1 xícara (chá) de chocolate
3/4 xícara (chá) de Biomassa de banana verde 
3 unidades de ovo
3 colheres (sopa) de óleo de coco extravirgem
2 colheres (sopa) de xarope de agave
2 unidades de banana prata bem madura
4 colheres (sopa) de farinha de arroz integral
1/2 xícara (chá) de noz picada
1/3 xícara (chá) de chocolate 50% picado
1/2 xícara (chá) de creme vegetal de arroz

Modo de preparo
Lave bem as bananas. Coloque-as inteiras na panela de pressão, cubra com água e feche a tampa.
Cozinhe em fogo médio (170 °C a 190 °C), por 10 minutos, após a panela pegar pressão.
Desligue o fogo e deixe a pressão sair.
Abra a panela e com auxílio de um pegador, retire a polpa da banana e coloque-a no liquidificador ou processador.
Acrescente um pouco de água filtrada e processe até ficar um creme liso.
Derreta o chocolate em banho-maria, junto com a biomassa.
No liquidificador, bata os ovos, o óleo de coco, o xarope de agave, as bananas e a farinha de arroz.
Adicione o chocolate derretido e bata até misturar bem.
Despeje em uma forma untada e polvilhe as nozes por cima.
Leve ao forno baixo, preaquecido, a 160 °C, por aproximadamente 15 minutos.
Para a calda, misture todos os ingredientes restantes e derreta em banho-maria.
Sirva o brownie ainda quente com a calda.
Dica: a biomassa de banana verde dura de 3 a 5 dias na geladeira e no freezer por até 3 meses.


Meu Carnaval regado a vinho!

PAPO DE ADEGA. Dizem que Carnaval combina com cerveja, mas nossa sommelier nos mostrar que a folia também vai bem com vinho. E nessa época de folia, é melhor escolher o vinho certo para brincar na taça, isso evita decepções não só na aquisição, mas também na degustação.

por Flávia Medeiros*


O importante é escolher com propriedade o que você quer degustar no dias de folia. (Divulgação)

Tudo bem! Sei que a maioria dos brasileiros são cervejeiros sim e que a caipirinha não pode faltar no carnaval, mas os vinhos também são ótimas opções nessa época. Por isso quero dar algumas dicas diferentes para passar o feriado em grande estilo, sem se enganar e trocar nomes! Isso mesmo, é uma data de muita folia e brincadeira onde “trocar nomes” pode ser uma aventura pouco aprazível!
Para não levar gato por lebre, cuidado ao escolher seu vinho pelo nome da uva “enofoliões”. Elas também podem fazer pegadinhas. E nessa época de folia, é melhor escolher o vinho certo para brincar na taça, isso evita decepções não só na aquisição, mas também na degustação.

Vejam algumas castas que podem confundir você:

Moscatel, Muscadelle ou Muscadet:
Não é a mesma coisa. Enquanto Moscatel e Muscadelle são nomes de uvas, diferentes entre si, Muscadet é o nome de um vinho de denominação de origem do Vale do Loire.

Verdelho e Verdejo:
São nomes tão parecidos... Mas não são sinônimos! Verdelho é uma uva portuguesa muito utilizada para a produção do fortificado vinho da Madeira, Verdejo é uma uva que teve sua origem no norte da África e acabou se adaptando muito bem na Espanha, onde é responsável por vinhos frescos e frutados.

E Alvarinho e Albariño, então?
 Esses são sinônimos, sim. Alvarinho é o nome utilizado em Portugal, e Albariño, na Espanha. Mas a cepa é a mesma.

Syrah, Shiraz e Petite Sirah?
Nesse caso, os dois primeiros nomes são sinônimos que se referem à mesma uva. Enquanto Syrah é o nome francês, Shiraz é o australiano.
Já a Petit Sirah não tem nada a ver com essa história... É uma outra uva!

Agora, umas rapidinhas: 
Grenache e Garnacha? Mesma uva.
Carignan e Cariñena? Mesma uva.
Pinot Noir, Pinot Blanc, Pinot Gris e Pinot Meunier? Tudo diferente...

E chega de confusão! Mas não chega de vinho...
Por isso, independente da garrafa que você levará para folia, o importante é escolher com propriedade o que você quer degustar, beber com moderação, e estar ciente de que nem tudo o que parece é!
Então, nos vemos na avenida! Bom Carnaval enofoliões!

(*) Flávia Medeiros
Consultora em vinhos e com especialização na área. No Brasil é uma das poucas profissionais que conta com a certificação Wine & Spirit Education Trust – Level 2. Contato: chateaumedeiros@hotmail.com