terça-feira, 15 de agosto de 2017

Memórias do Saint Honoré


Cocotte Bistro convida o chef Pierre Landry
para preparar menu com clássicos do Le Saint Honoré

Relembrar encontros e reencontros, reeditar tempos de enlevo gastronômico. Essa é a proposta do charmoso e acolhedor Cocotte Bistro, em Itaipava, ao convidar Pierre Landry, ex-chef do saudoso Le Saint Honoré, para uma homenagem gastronômica aos 20 anos de sua atuação à frente do restaurante, que viveu gloriosos 30 anos no hotel Meridien, em Copacabana.
Reconhecida e premiada, a casa foi uma das mais bem cotadas no seguimento, sob o comando do renomado criador da “nouvelle cuisine”, Paul Bocuse, estrelado por mais de cinco décadas pelo Guia Michelin e eleito o melhor chef do século 20.  
Pois esse mesmo Bocuse assinou as criações que se formaram célebres no Saint Honoré, e que vão ser reeditadas a quatro mãos pela proprietária do Cocotte, Manoela Rabin, e Pierre Landry, em harmonizações que prometem aos comensais uma imersão na magia dos sabores mais significativos das criações do mestre Bocuse. O evento acontecerá nos jantares de 31 de agosto a 02 de setembro, e no almoço de 03 de setembro.
A simplicidade, a leveza, a valorização dos ingredientes frescos e naturais, preceitos da “nouvelle cuisine”, foram incorporados ao menu do Saint Honoré. Por lá, pontificaram nomes consagrados na gastronomia como Claude Troisgros, Laurent Suaudeau e Dominique Oudin, último chef da casa, cuja chefia Manoela estreou, tendo se tornado amiga, assimilando o conhecimento das criações de Bocuse executadas pelo chef.  
Manoela e Landry se conheceram fora do Saint Honoré, tendo sido apresentados na antiga
morada do Cocotte, por um amigo em comum. Da coincidência do encontro foram produzidos dois jantares em parceria, origem da ideia, antiga, agora tornada realidade. Sem dúvida, será uma dupla homenagem: aos clássicos de Bocuse no Saint Honoré e aos 20 anos da passagem de Landry por lá. Das preciosidades concebidas por Bocuse e carinhosamente selecionadas pela dupla de chefs, os comensais terão a oportunidade experimentar os sabores da história do Saint Honoré, personalizando as três passagens dos menus (R$185): entrada, prato principal e sobremesa.
A viagem começa pela escolha de uma das nostálgicas entradas:  salmão defumado à la minute, tenro medalhão de salmão defumado na hora, servido com molho à base de manteiga e limão, acompanhado de creme de ervas, julienne de pera  e ovas de capelim; Profiteroles de foie gras, tradicional massa choux recheada com cogumelos e foie gras servidos com molho à base de vinho do Porto e trufas negras de Perigord; e o refrescante Carpaccio de cavaquinha (foto), finas lâminas de cavaquinha intercaladas com manga temperadas com flor de sal, pimenta dedo de moça e vinagrete de limão. Hum... 
Entre os pratos principais, o destaque é o clássico Peixe na massa folheada com souce choron (foto), delicada combinação de filé e mousse de peixe envolta em massa folheada crocante acompanhada de molho choron; o menu ainda conta com o delicioso Gnocchi de batata barôa servido com ragu de pato trufado; e o suculento Filet mignon grelhado com gratin dauphinois, servido com molho béarnaise ou poivre e guarnecido por batatas laminadas cozidas no creme de leite temperado.
Já as sobremesas trazem um capítulo especial da história do Saint Honoré, como o clássico Mini St Honoré (foto), preparada à base de delicada massa choux, caramelizada e recheada com uma deliciosa combinação de creme de confeiteiro e chantilly; o crocante Mil folhas de frutas vermelhas, meticulosamente preparado com finas lâminas de massa folhada intercaladas com creme inglês de baunilha Bourbon; e o Baba ao rum, clássico bolo franco-italiano embebido em calda de rum, servido com chantilly de baunilha e frutas cristalizadas.   
A casa ainda oferecerá couvert especial (R$20 por pessoa) com a legítima manteiga bretã, grissini e pão, caponata, azeite temperado e uma taça de espumante Jean Dorsène Brut para celebrar.  
Ao piano, o concertista internacional Luiz De Simone completará a experiência sensorial dos clientes, executando peças do compositor bretão Yann Tiersen, que somadas à beleza do ambiente, se traduzem em momentos de harmonia e leveza.
Com um menu tão especial e luxuoso assim, subir a serra será um programa imperdível para os comensais, que poderão desfrutar de uma autêntica celebração sob a forma desse memorável encontro.

Serviço: 
Cocotte Bistro (Itaipava/Petrópolis-RJ)
Estrada União Industria 13.984 (esquina com Rua das Casuarinas) 
Telefone: (24) 2222-3334

* no caso de GPS procurar diretamente por "Cocotte Bistro"

quarta-feira, 9 de agosto de 2017

Dia dos Pais em Itaipava promete!

O Dia dos Pais está chegando. Com ele, a tradicional tarefa de reunir a família ao redor da mesa para celebrar data. Pensando nisso, restaurantes da Serra contam com sugestões saborosíssimas para agradar o paladar de pais e filhos.
Com arquitetura e a decoração que remetem à região de Provence, na França, o
encantador Cocotte Bistro, especializado em culinária franco-brasileira em Itaipava, celebrará a data com três opções menu (R$ 149) carinhosamente preparados por Manoela Rabin, que possui uma trajetória profissional riquíssima. Desde sua formação acadêmica como psicóloga, até a imersão total no mundo da gastronomia, ela coleciona experiências de peso, produto de suas andanças pelo mundo, sempre pesquisando e se aprimorando.Trabalhou em restaurantes icônicos e com profissionais renomados nessa arte. À frente das caçarolas do bistro, Manoela promove uma combinação harmoniosa do requinte da cozinha francesa com o sabor dos produtos da serra. Nesse Dia dos Pais, os comensais vão ter como opções de entrada a famosa Soupe Aux Oignons, tradicional sopa francesa de cebola gratinada, feita com caldo carne, cebolas confitadas e vinho branco, servida com uma crocante torrada coberta por queijo gruyère derretido; a crocante Salada panzanella, uma salada italiana refrescante, composta por pepino, tomate, cebola, pimentão e croûtons bem temperados; ou o delicioso Brandade de bacalhau com molho de grana padano, prato originário do Sul da F rança, confeccionado com bacalhau desfiado no azeite, acrescido de um pouquinho de creme de leite e servido com molho de queijo grana padano. Já como pratos principais as opções são o Mignon ao molho Cocotte, com tarte tatin de cebolas confitadas e legumes du marché (Foto). Neste prato, o suculento filé é servido com o molho tradicional da casa, à base de vinho tinto levemente adocicado e acompanhado pela torta invertida de massa folheada com cebolas carameladas e seleção de legumes frescos do dia; o Filé de peixe ao molho e couscous com frutas secas, uma especial combinação do peixe preparado com molho à base de vinho tinto com o cuscuz marroquino preparado com damasco, passas, hortelã e ervas; o Ravioli de pato confitado ao molho de laranja, massa generosamente recheada e servida com molho cremos o de laranja; e o Gnocchi alla Romana com cogumelos frescos, deliciosa massa à moda romana feita com farinha de semolina e grana padano, servida com molho à base de cogumelos. Ao fim de tantas delícias, para adoçar o paladar, o bistrô terá o Tiramissú, clássica sobremesa à base de mascarpone, biscoito, café e chocolate; a Torta mousse de chocolate com sorvete artesanal de framboesa maison; e a Torta de peras caramelizadas com crocante de avelã. Encantador, não?
Além da impecável gastronomia, a casa ainda permite aos comensais desfrutarem das cores leves predominantes e das generosas janelas do bistrô, que permitem uma incidência de luz perfeita, aliada ao pé direito alto, conferindo uma luminosidade radiosa ao ambiente. O balanço das ondas de tecidos suspensos e os sofás franceses posicionados próximos ao piano, do solista, compositor e concertista, Luiz De Simone, além de uma providencial lareira para as noites mais frias, são deliciosas experiências sensoriais à parte.  Com repertório de músicas autorais e eruditas, além de clássicos de trilhas sonoras de filmes, Luiz, que também é proprietário do Cocotte junto com sua esposa Manoela, homenageará os pais executando as trilhas Em Algum Lugar do Passado, de John Barry, Cinema Paradiso, de Enio Morricone, e a clássica Noturno em Mi bemol, de Chopin. 
Ainda em Itaipava, a Trattoria Quinta do Lago, localizada no charmoso condomínio Quinta do Lago, elaborou um menu degustação mais que especial de massas artesanais para as famílias comemorarem a ocasião em grande estilo. A casa reúne o espírito de tudo que os amantes de comida italiana desejam encontrar: cardápio variado de dar água na boca, excelente adega de vinhos, ambiente lindo e aconchegante em cada detalhe, música ambiente tranquila e atendimento simpático e de extrema qualidade – fazendo você se sentir em casa, em meio ao clima ameno da serra e rodeado pelo verde onde o restaurante se encontra. O menu, elaborado pelo chef da casa, Uilson Motta, é de dar água na boca e vai contar com duas opções de entrada e pratos principais, além de sobremesa, ao preço de R$ 110 por pessoa. Para começar, os comensais poderão optar pelo Mini Arantino recheado com saborosa e cremosa mussarela de búfala, acompanhado por suculenta carne assada, ou o Duo de Bruschettas, sendo uma tradicional, feita de tomates italianos fresquinhos, e outra de cogumelos trufados. Seguindo o roteiro, os pratos principais não deixam a desejar e prometem encantar o paladar dos clientes com massas especiais elaboradas artesanalmente, dignas de uma verdadeira trattoria italiana. O chef vai preparar o delicioso Raviolli Caprese (Foto), recheado com mussarela de búfala cremosa e molho de tomates frescos, e o Fettucine com saborosíssima rabada desfiada. Ao fim de tantas del&iacute ;cias, entra em cena o exclusivo pudim de parmesão italiano com calda de goiabada, docinha e cremosa. Os papais ainda vão ganhar, como cortesia, uma saborosa caipirinha de limão, elaborada pela equipe especial da Trattoria, experiente na preparação de drinques deliciosos. 

Serviços:
·         Cocotte Bistrô (Itaipava – Petrópolis/RJ)
Estrada União Industria 13.984 (esquina com Rua das Casuarinas)
Telefone: (24) 2222-3334.
Horário de funcionamento: de sexta-feira a sábado
Reservas para almoço entre 13h e 15h30.
Reservas para jantar entre 20h e 22h30.

·         Trattoria Quinta do Lago – Condomínio Quinta do Lago
Itaipava / Região Serrana do Rio
Especialidade: italiana
Inaugurado em dezembro/2016
Endereço: Condomínio Quinta do Lago, Rodovia BR-040, KM 66, Rio da Cidade - Petrópolis
Telefones: 24 * 2225-5003 // 24 * 98855-6439
E-mail: trattoriacqlago@gmail.com

Crédito Fotos: Rio Art Com 


quarta-feira, 2 de agosto de 2017

A Cidade Imperial, em agosto é Oriental!


Combinados unem sabor, variedade e qualidade

por Anna Paula Di Cicco

Entre os dias 10 e 13 de agosto, nossa Petrópolis se transforma em solo oriental e sedia a 10ª edição do Bunka-Sai. E não há combinação mais perfeita do que unir a cultura e a gastronomia japonesa. Para isso, o Kinpai, um dos mais renomados restaurantes de comida japonesa da Cidade Imperial, mistura tradição e inovação, trazendo novidades para o festival. Para o Festival da Cultura Japonesa, o menu do Kinpai deve ser apresentado de forma mais enxuta, resumida, mas variado para
atender todos os gostos – tanto aqueles clientes que já conhecem, como aqueles que vão experimentar pela primeira vez. No entanto, ainda durante os dias de evento, o restaurante manterá as portas abertas para quem não abre mão de prestigiar a casa.“Nós vamos disponibilizar um resumo do que temos hoje no restaurante. Não pode faltar temaki, yakissoba, rolinho primavera – que são os harumakis –, além de alguns combinados”, diz Néa Bernardo, proprietária do Kinpai. O menu é todo voltado para a praticidade que o festival exige. “Os pratos mais rápidos são sempre os mais pedidos, já que quem vai ao Bunka-Sai quer a mobilidade para passear pelo evento sem ter que enfrentar espera e filas nas barracas”, explica. Apesar da correria que os dias de evento exige, a qualidade dos pratos continua intacta. São os próprios funcionários que vão dar conta de tudo, mantendo o sabor que a cidade toda já conhece.
“Nós vamos elaborar antecipadamente tudo que pode ser feito antes. A ideia é diminuir o tempo
de espera do cliente. Então o preparo fica a cargo do restaurante e a execução dos pratos nas barracas”. Quem já participou do Bunka-Sai, sabe o que espera, pois além de poder degustar o que há de melhor na gastronomia cheia de detalhes, elaborada pelo Kinpai, os visitantes poderão tirar fotos temáticas, saborear as bebidas à base de sake e adquirir lembranças e souvenirs. O evento dura apenas alguns dias, movimenta bastante a cidade, mas depois deixa 'gostinho de quero mais'. Então a dica é aproveitar bastante o Bunka-Sai e, se a saudade bater depois do dia 13, o caminho até o Kinpai todos já conhecem. Tanoshimi o motte imasu, Shokuyoku (divirtam-se, bom apetite)!

Serviço
Kinpai SushiBar
Rua Gonçalves Dias, 423 – Valparaíso
Funcionamento: segunda-feira a sábado
Horário: das 12h às 0h
Tel: (24) 2248-8622

Petrópolis terá o 1ª Evento da Cultura Panc

Chef Barão Vieira

Um evento de gastronomia totalmente inovador irá agitar a cidade nos dias 22, 23 e 24 de setembro, no Bistrô Divina Sálvia, na Estrada do Rocio 3507, tendo como tema "A Cultura PANC da Serra de Petrópolis em fusão com a Gastronomia Italiana”.
O encontro cotará com a participação da Chef Ana Ribeiro, Chef Barão Vieira, Chef Roberto Duarte (foto à esquerda), Chef Alexandre Costa, Chef Walmir, Chef Paulo Olivia e Chef Marcos Lôbo (foto à direita), que usarão sua criatividade e experiência em palestras, aula de campo e workshop com direito a menu degustação para alunos de gastronomia, donos de pousadas e interessados em conhecer sobre essa cultura.
“Será um evento de troca de conhecimento em nossa área com a cultura PANC da serra. Mesmo com toda esta preocupação em mostrar as comunidades que podemos ter uma alimentação mais saudável, além da importância de comer bem para fazermos a diferença”, conta Chef Marcos Lôbo. Para participar, basta fazer a inscrição através do email: mlobo199@yahoo.com.br. Informações e forma de pagamento: (24) 988464452 (falar com Juliana Lima Verde). As vagas são limitadas.

Cultura Panc
As Plantas Alimentícias Não Convencionais (Panc) vêm chamando a atenção de cozinheiros criativos, chefs e de pesquisadores engajados em torná-las mais acessíveis aos consumidores.
No final do ano passado, por exemplo, os pesquisadores Valdely Ferreira Kinupp e Harri Lorenzi, ambos ligados ao Instituto Plantarum, em Nova Odessa, lançaram um verdadeiro compêndio: Plantas Alimentícias Não Convencionais (PANC) no Brasil (Editora Plantarum), que abarca (ou introduz) 351 espécies de Panc (nativas ou não), de maneira ilustrada e, de quebra, traz receitas elaboradas pelo chef Andrew Buschee, do restaurante Bravíssimo, de Nova Odessa.
A sigla Panc, aliás, foi criada por Kinupp, biólogo e pesquisador de espécies nativas com valores nutricionais, em 2008. Trata-se de plantas de fácil propagação, que se adaptam a condições de solo e clima e que, em função das mudanças nos hábitos alimentares, deixaram de ser consumidas, passando a ser encaradas como daninhas.
Serralha, beldroega, azedinha, bertalha, almeirão de árvore, caruru, folha de quiabo, jambu, mastruz e palma forrageira são exemplos. Coube a uma leva de interessados voltarem a olhar para elas com mais carinho. Elas são nutritivas, ricas em aromas, cores e sabores, úteis à finalização de pratos, pouco conhecidas, porém.

Programação

Dia 22
De 8h as 12h:  Aula de Campo só com os Chefes pela manhã e pela tarde Aula de campo para quem fez as inscrições com o fechamento no Bistrô. (coffee break).

Dia 23
De 8h30 as 9h30: Chef Marcos Lôbo com o tema “A Cultura PANC em geral e na serra de Petrópolis”.
De 09h45 as 10h45h: Chef Barão com o tema “Cozinha Italiana e sua junção com a PANC”.
De  10h55 as 11h55h: Chef Alexandre Costa com o tema “Pizza e sua junção com a PANC”.
Intervalo para almoço:  11h55 as 13h
De 13h as 14h: Chef Valmir com o tema “Salgados da cozinha Italiana com a junção da Cultura PANC”.
Apresentação do Programa Roteiro Gastronômico na Serra:  de 14h30 as 15h30 com o Chef Paulo Olivia.
De 16h as 17h Chef Roberto Duarte e o tema “Massas Italiana e sua junção com a Cultura PANC”.
De 17h15 as 17h45 com Mauricio Memória apresentando o Espaço Cultural e o Bistrô Divina Sálvia.

Dia 24
De as 08h as 9h com a Chef Ana Ribeiro e o tema Cultura PANC nos Restaurantes do Rio.
De 09h30 as 10h30: Aula show e com degustação dos pratos feita em dupla de Chefes. 
De 10h30 as 11h30: Aula show e com degustação dos pratos feita em dupla de Chefes. 
Intervalo de almoço de 12h até 13h
De 13h as 14h: Aula show e com degustação dos pratos feita em dupla de Chefes. 
As 15h30: Encerramento do Evento e entrega de Certificados para todos participante e Palestrante.





Curso de Introdução ao Universo das Cervejas


As aulas, que acontecem em agosto, serão ministradas pelo professor Guto Procópio, sommelier de cervejas e mestre em estilos

Aulas na fábrica em Petrópolis fazem uma Introdução
 ao Universo das Cervejas (Divulgação)

O Instituto da Cerveja Brasil e a Cervejaria Bohemia fecharam uma parceria que vai agradar aos entusiastas e cervejeiros de plantão: nos dias 12 e 13 de agosto será realizado no complexo cervejeiro de Petrópolis, o curso "Introdução ao Universo das Cervejas". O curso tem como objetivo levar informações e curiosidades gerais sobre este universo cervejeiro de forma muito leve e descontraída e, é claro, com muita degustação.
Segundo o instituto, ao final do curso o aluno estará apto em selecionar de forma adequada e consciente a sua cerveja. Além disso, todos ganharão certificação do Instituto da Cerveja Brasil.
No conteúdo do curso, a história da cerveja; cervejas mainstream x cervejas especiais; técnicas de degustação de cervejas; matérias-primas; processo de produção; famílias de cervejas; escolas alemã, anglo-saxônica, belga e americana; curiosidades de mercado; e teoria introdutória à harmonização.
As aulas serão ministradas pelo professor Guto Procopio, sommelier de cervejas e mestre em estilos. O curso tem carga horária de 12 horas e acontece no dia 12 de agosto, das 9h às 18h, e no dia 13 de agosto, das 9h às 13h. O custo é de R$ 450,00, que pode ser pago em três parcelas R$ 150,00, no boleto, ou em seis vezes de R$ 75,00 no cartão de crédito.
Para os que precisarão pernoitar em Petrópolis, o “Um Hostel” (www.umhostel.com.br) fará preços especiais para os participantes do curso. O Um Hostel fica em frente à Cervejaria Bohemia. Mais informações e inscrições podem ser feitas pelo site do Instituto da Cerveja do Brasil: https://www.institutodacerveja.com.br/turma/t234/introducao-ao-universo-das-cervejas-especiais-petropolis

Serviço:
Curso Introdução ao Universo das Cervejas - Instituto da Cerveja Brasil
Local: Cervejaria Bohemia, em Petrópolis (Rua Alfredo Pachá, 166 - Centro)
Horário
Dia 12/08 - das 9 às 18hs
Dia 13/08 - das 9 às 13hs
Carga Horária: 12 horas
Público-alvo:  entusiastas



Qual o estilo do seu pai?

Elegante, esportista, executivo, tímido, ousado... Para cada perfil, você encontra um vinho!

 
Escolher o vinho pelo tipo de experiência que seu pai
 tem com a bebida é a dica da sommelier. (Divulgação)


por Flávia Medeiros

Para o pai que raramente bebe vinho...
Aqui o elemento surpresa e de introdução ao vinho. Não vale a pena gastar muito dinheiro em uma garrafa bacana, pois o seu pai não vai perceber a diferença entre um vinho premiado e outro do dia-a-dia. Talvez até prefira o segundo ao primeiro. A dica é escolher mais de um rótulo de até 20 reais de vinícolas nacionais, chilenas, argentinas, portuguesas e até australianas em oferta, fáceis de encontrar em supermercados e em sites de compras. E você entrega no mínimo duas, três garrafas de presente. Se ele gostar da brincadeira e o vinho se tornar um hábito, no ano que vem você terá de consultar um especialista.

Para o  pai que está começando a se interessar por vinhos...
Seu pai já não é mais um principiante, lê revistas, livros e quem sabe é até crítico ao ler um rótulo. Pode estar    evoluindo na percepção do gosto e descobrindo novidades . Este é o presente que ele espera do seu filho, até como reconhecimento desta sua nova habilidade. Se o seu pai já tem uma adega, consulte os rótulos armazenados, eles podem dar uma dica de suas preferências. 

Para o pai que é especialista...
Aqui temos um problema. Todo mundo tem sempre a mesma ideia, afinal papai é um enófilo juramentado, capaz de distinguir um vinho pelo aroma, que reconhece a região pelo rótulo e é até capaz de recitar de cor as principais safras de cada país. Ou seja, para o resto da família papai é um conhecedor nato e presentear com uma garrafa pode significar entrar em terreno minado. Se você tem dinheiro disponível, a solução é fácil, vá até uma boa loja ou sites de importadoras e procure aqueles rótulos com boa pontuação de RP, Wine Spectator etc e não tem muito erro, tem vinhos  muito bacanas selecionados por eles. Se a grana está curta, um conselho, esqueça o vinho e parta para um produto relacionado, por exemplo um bom livro sobre o tema, um saca rolhas moderno, taças estilosas ou simplesmente um brinde em agradecimento por ele fazer parte da sua vida!
O importante, é lembrar do papai!.


(*) Sommelière Level3, Certificado WSet, Instrutora de Gastronomia