sexta-feira, 13 de fevereiro de 2015

Curso ensina a preparar sanduíches práticos e saudáveis



Com a correria do dia a dia muitas pessoas trabalham até tarde e praticam atividades físicas na hora do almoço. A rotina, muitas vezes, torna a refeição tradicional inviável. Por isso, cada vez mais os sanduíches ganham espaço no cardápio dos brasileiros. Além de proporcionar uma variedade de sabores, eles oferecem a possibilidade de uma refeição rápida e nutritiva.
A nutricionista Caroline Geoffroy explica que, durante o verão, o organismo exige muita energia. Os alimentos mais leves oferecem o valor nutricional e o bem-estar que o corpo precisa para se manter saudável. Por isso, a Escola de Nutrição e Gastronomia da FMP/Fase vai oferecer um curso de extensão em sanduíches gourmet, que ensina como ter uma alimentação saudável, prática e diferenciada. 
“O nosso objetivo é ensinar os alunos a fabricar sanduíches rápidos e nutritivos. A ideia é estimular o emprego de técnicas de cozinha profissional voltadas para a elaboração dos mais diversos tipos de sanduíches, com pães variados e recheios gourmet”, frisa Caroline Geoffroy, nutricionista responsável pelo curso.
O curso, que será realizado entre os dias 23 e 25 de fevereiro, vai ensinar o preparo de recheios mais requintados, que proporcionam grande valor nutritivo, além de sabores variados. Entre eles, Croque monsieur, Pastrami com mostarda a l´ancienne, Tapenade com tomate seco e Baguete de rosbife com chutney de tomate se destacam na culinária. 
 “Os sanduíches gourmet são mais saborosos e nutritivos. Além disso, eles encantam os olhos. São ótimos como sugestão de cardápio, pois são práticos e rápidos de fazer, quando se vai receber uma visita, por exemplo,” ressalta a nutricionista.
As inscrições podem ser feitas até o dia 20 de fevereiro, no site da FMP/Fase:www.fmpfase.edu.br. Na página também é possível ter acesso à programação completa do curso.


terça-feira, 3 de fevereiro de 2015

Saladas especiais para o verão

  Saladas sicilianas e pratos a base de massas, no almoço executivo: sucesso. (Divulgação)

Mix de folhas, frutas secas e ingredientes deliciosamente saudáveis são a base das saladas sicilianas da Trattoria S’a Carola
A temperatura alta pede comidinhas leves. Para deixar o cardápio saudável e o corpo bem disposto na estação mais quente do ano, nada melhor do que investir em uma salada deliciosa e rica em nutrientes. Foi o que fez o chef Marcelo Pieri, da Trattoria S’a Carola, que entende do assunto como ninguém.
– São saladas sicilianas, bem leves para o verão, mas com ingredientes que proporcionam muito sabor – adianta. Todas as criações são compostas por mix de folhas verdes e levam damascos, figos, nozes, champignons e tomates secos. Para complementar, o cliente pode optar com lascas de parmesão com melão, parma, camarão, frango ou carne grelhados. O
chef ainda revela que tanto os tomates secos quanto o azeite temperado, são preparados na própria trattoria.
Paula Rigo, frequentadora assídua do restaurante, define bem sobre o prato, um dos seus preferidos.
– As saladas que o chef Marcelo prepara, além de ter uma excelente apresentação e bons produtos, possuem uma combinação sutil de sabor. Cada uma tem uma característica marcante, que você não encontra em outro restaurante de quem realmente entende. Cozinhar é um ato de amor – conclui.
Mas não para por ai. O S’a Carola também é famoso por sua linha de risotos especiais, como o Vegetariano (com molho de funghi no creme de leite fresco), o Del Mare (camarão) e o Divino (Baunilha com acompanhamento de medalhão de mignon e redução de vinho), que estão na lista dos pratos mais pedidos.

Almoço Executivo
Que os que gostam de comer bem, o Almoço Executivo vem atraindo muita gente ao S’a Carola. Chef Marcelo desenvolveu um cardápio que pode ser consumido de terça à sexta-feira com direito a entrada e quatro opções para prato principal, todas com massa, carne ou frango, salada e peixe. Na terça, as opções ficam por conta do Tagliarini com parmeggiana de carne, do Peito de frango no azeite de oliva, recheado com queijo (arroz de açafrão com rúcula, figo, nozes e tomate), ou de Salada verde com croutons, tomate, azeitona e nozes com opções de: lascas de parmesão, ou frango ou carne grelhados. O Filé de peixe a milanesa no molho de camarão (com arroz, salada de folhas verdes com croutons, tomate, azeitona e nozes), finaliza. Na quarta é dia de Carne assada com polenta (acompanha rúcula com tomate e lascas de parmesão), de Massa sem recheio
com parmeggiana de frango, ou Beringelas parmeggiana com arroz de açafrão ou de Salada verde com croutons, tomate, azeitona e nozes com opções de: lascas de parmesão, ou frango ou carne grelhados. A última opção é o Conchiglione com camarão na manteiga com hortelã, alho e ervilhas. Quinta o destaque vai para a Costelinha suína com polenta (acompanha rúcula, figo, nozes e lascas de queijo parmesão). A segunda opção é a Massa sem recheio com parmeggiana de frango, ou Salada verde com croutons, tomate, azeitona e nozes com opções de: lascas de parmesão, ou frango ou carne grelhados. Finalizando, Filé de peixe a milanesa ao molho de camarão (com arroz e folhas verdes com croutons, tomate, azeitona e nozes). Sexta-feira a estrela da casa é o Nhoque com carne assada (acompanha rúcula, tomate e lascas de queijo parmesão). Depois temos como opção Massa sem recheio com parmeggiana de frango, ou Salada verde com croutons, tomate, azeitona e nozes com opções de: lascas de parmesão. E, para fechar com chave de ouro, Talharim suave de salmão com lascas de limão siciliano. Os três primeiros pratos custam R$ 18,90 e o quarto prato, R$ 21,40. O almoço é servido de 12h às 16h.

Novidades em 2015
De terça à sexta feira a Trattoria S’a Carola estará oferecendo este mês 50% de desconto na alimentação, nos pratos do Cardápio a la carte após às 16h – quando termina o almoço executivo – até às 20h. A ideia é expandir a autêntica gastronomia italiana para dentro e fora de Petrópolis. 





Chef aposta na criação de massas artesanais inspiradas na gastronomia brasileira

Ravioli de Bobó de Camarão

Quem disse que verão não combina com massa? A chef Joanna Menescal – leia-se Duetto’s Café e Bistrô – desafia.  Ela elaborou um cardápio com oito tipos de massas que unem sabor e leveza e que podem ser degustadas até mesmo nos dias em que as temperaturas estiverem mais elevadas. O segredo? A chef revela: está na qualidade da farinha de trigo e no cuidado do preparo dos pratos.
– Nossas massas são produzidas artesanalmente com farinha de sêmola orgânica de Grano Duro da Itália e nossos molhos, também preparados de forma artesanal, não possuem conservantes – conta.
As novidades que despontam no menu do Duetto’s Café e Bistrô, que está conquistando os clientes, ficam por conta do Cannelloni Italiano (Massa de Sêmola com Recheio de Abobrinha italiana grelhada e Ricota de Búfala, ao Molho Pomodoro Fresco e basílico, gratinado com Parmesão), Cannelloni Negro (Massa preparada com Tinta de Lula recheado de Camarão e Ricota de Búfala ao Molho Pomodoro, gratinado com Parmesão), Meia-lua de Carne Assada (Massa de Urucum com recheio de Carne Assada desfiada ao Molho Pomodoro, gratinado com Parmesão), Ravioli de Bobó de Camarão (Massa de Espinafre com recheio brasileiríssimo de Bobó de Baroa e Camarão na Manteiga de Sálvia ao Molho Rosé, gratinado com Parmesão), Ravioli de Gorgonzola, Nozes e Pêra (Massa de Espinafre e Urucum recheado com Gorgonzola, Pêra e Nozes ao Molho Bechamel, gratinado com Parmesão), Ravioli Rústico de Linguiça Artesanal (Massa de Sêmola recheado de Linguiça Artesanal Mineira ao Molho Pomodoro, gratinado com Parmesão e Cebola Roxa em meia-lua), Raviolone al Mare(Massa preparada com Tinta de Lula recheado de Salmão ao Molho Bechamel, gratinado com Parmesão), Rondelli de Alho Poró (Massa de Sêmola recheado de Alho Poró, Ricota de Búfala e ervas finas ao Molho Bechamel, gratinado com Parmesão).
– A nossa inspiração é a gastronomia brasileira. Brincamos com pratos tradicionais da gastronomia mundial e acrescentamos nossa cultura gastronômica e nossos temperos – finaliza.
Esses e outros pratos começam a ser servidos a partir das 12h até o horário de fechamento, ou seja, qualquer hora é possível fazer uma refeição, pois a cozinha está em pleno funcionamento para o preparo de cada prato.

CAFÉ & BISTRÔ
O Duetto’s Café, atuando há sete anos no mercado vêm se expandindo deixando de ser apenas uma cafeteria e se consolidando também como bistrô, estando localizado dentro de um dos principais cartões postais da cidade, do Brasil ou América Latina, já que o Museu Imperial, estatisticamente falando, é um dos mais visitados da América Latina. 

SERVIÇO
Duetto’s Café & Bistrô
Rua da Imperatriz 220 – Museu Imperial
Centro – Petrópolis
Telefone: 2243-2952
Funcionamento: de terça a domingo, às 10h. (Almoço a partir das 12h)



Meu Carnaval regado a vinho!


O importante é escolher com propriedade o que você quer degustar no dias de folia. (Divulgação)

por Flávia Medeiros*
Tudo bem! Sei que a maioria dos brasileiros são cervejeiros sim e que a caipirinha não pode faltar no carnaval, mas os vinhos também são ótimas opções nessa época. Por isso quero dar algumas dicas diferentes para passar o feriado em grande estilo, sem se enganar e trocar nomes! Isso mesmo, é uma data de muita folia e brincadeira onde “trocar nomes” pode ser uma aventura pouco aprazível!
Para não levar gato por lebre, cuidado ao escolher seu vinho pelo nome da uva “enofoliões”. Elas também podem fazer pegadinhas. E nessa época de folia, é melhor escolher o vinho certo para brincar na taça, isso evita decepções não só na aquisição, mas também na degustação.

Vejam algumas castas que podem confundir você:

Moscatel, Muscadelle ou Muscadet :
Não é a mesma coisa. Enquanto Moscatel e Muscadelle são nomes de uvas, diferentes entre si, Muscadet é o nome de um vinho de denominação de origem do Vale do Loire.

Verdelho e Verdejo:
São nomes tão parecidos... Mas não são sinônimos! Verdelho é uma uva portuguesa muito utilizada para a produção do fortificado vinho da Madeira, Verdejo é uma uva que teve sua origem no norte da África e acabou se adaptando muito bem na Espanha, onde é responsável por vinhos frescos e frutados.

E Alvarinho e Albariño, então?
 Esses são sinônimos, sim. Alvarinho é o nome utilizado em Portugal, e Albariño, na Espanha. Mas a cepa é a mesma.

Syrah, Shiraz e Petite Sirah?
Nesse caso, os dois primeiros nomes são sinônimos que se referem à mesma uva. Enquanto Syrah é o nome francês, Shiraz é o australiano.
Já a Petit Sirah não tem nada a ver com essa história... É uma outra uva!

Agora, umas rapidinhas: 
Grenache e Garnacha? Mesma uva.
Carignan e Cariñena? Mesma uva.
Pinot Noir, Pinot Blanc, Pinot Gris e Pinot Meunier? Tudo diferente...

E chega de confusão! Mas não chega de vinho...
Por isso, independente da garrafa que você levará para folia, o importante é escolher com propriedade o que você quer degustar, beber com moderação, e estar ciente de que nem tudo o que parece é!
Então, nos vemos na avenida! Bom Carnaval enofoliões!

(*) Flávia Medeiros
Consultora em vinhos e com especialização na área. No Brasil é uma das poucas profissionais que conta com a certificação Wine & Spirit Education Trust – Level 2. Contato: chateaumedeiros@hotmail.com